Todos que tem direito a aposentadoria por invalidez deve marcar uma perícia no INSS, clique no botão e saiba mais informações
MARCAR PERÍCIA INSS 2021

Salário-família 2021

O salário-família 2021 é um benefício concedido a pessoas de baixa renda, que possuem dependentes, filhos, enteados ou tutelados de até 14 anos de idade ou inválidos. Assim, o benefício é pago de maneira proporcional, conforme o número de dependentes na família. Aliás, é uma forma de complementar a renda e dar uma vida digna a mais pessoas.

O salário-família 2021 é pago aos trabalhadores domésticos, trabalhadores avulsos e outras pessoas, assim como para aposentados por invalidez ou por idade. Desde 2015 o salário-família passou a ser destinado também aos trabalhadores domésticos

Aqui você vai ficar sabendo de todos os detalhes que envolvem esse benefício, falaremos sobre o valor do salário família 2021, se existe pagamento de 13º para o Bolsa Família. Além disso, você sabe qual é a lei do salário família? Esse é outro assunto que trataremos a seguir!

Qual o valor do salário família em 2021?

A expectativa é de que em 2021 pela primeira vez o salário-família ultrapasse os R$ 50. Acontece que até 2020 o pagamento era de R$ 48,62, mas deverá passar por um reajuste. Porém, o governo federal ainda não divulgou essa informação, para mostrar quanto será o pagamento em 2021.

Dessa maneira, o salário-família 2021 é calculado conforme o número de beneficiários em uma mesma família. Portanto, se você tiver 4 filhos, receberá 4 vezes mais do que aquelas pessoas que possuem um filho só.

É que o governo federal entende que esse valor, próximo de R$ 50,00, serve para auxiliar apenas uma pessoas durante o mês e não mais do que isso.

Diferença entre Salário-Família e Bolsa Família

O Bolsa Família é diferente do salário-família, ele é pago para famílias extremamente pobres, que possuem renda mensal de no máximo R$ 89,00 por pessoa. Já as famílias consideradas pobres são aquelas que ganham entre R$ 89,01 e R$ 178,00.

Percebeu como a diferença é grande entre um recebimento e outro? No caso do salário-família 2021 os beneficiários podem ganhar até mesmo mais do que um salário mínimo. Ainda assim, os dois são importantes para as famílias brasileiras que possuem jovens.

Bolsa família décimo terceiro salário 2021

Durante as eleições presidenciais de 2018, Jair Bolsonaro, então candidato, prometeu a criação do 13º para o Bolsa Família. Em partes, ele cumpriu com o que havia prometido, já que em seu primeiro ano como chefe maior da nação, os beneficiários receberam um pagamento extra. Segundo o próprio Bolsonaro, seria um valor destinado a melhorar a ceia de Natal e aliviar as contas.

O problema é que esse pagamento aconteceu por meio de um Medida Provisória, que venceu nos meses seguintes. Se você não sabe, as medidas provisórias até podem ser prorrogadas por mais 3 meses, mas não foi o que aconteceu. Além disso, o projeto não desenvolveu na Câmara Federal e nem no Senado.

Dessa maneira, o pagamento provavelmente não será realizado em 2021, a menos que seja aprovada uma lei. Mas, caso seja aprovado, deverá funcionar de uma maneira simples: as famílias serão contempladas com uma parcela igual aquelas que já recebem regularmente.

Qual é a lei do salário família?

A Lei nº 4.266, de 3 de outubro de 1963 trata sobre o salário-família, ou seja, é um benefício bem antigo e que continua sendo pago até hoje. Então, aqueles trabalhadores que não ganham um salário muito alto e que possuem filhos com até 14 anos podem fazer a solicitação do benefício.

A lei diz que todos os anos o pagamento do salário-família precisa ser renovado, isso serve para que o governo evite fraudes e faça o pagamento para pessoas que recebem acima dos valores máximos. O Salário-família é um benefício previdenciário que faz parte do Instituto Nacional do Seguro Social, ou seja, é pago por este órgão.

Como é feito o cálculo do salário família?

Os pagamentos do salário-família 2021 variam de uma família para outra. Então, não é porque o seu vizinho recebe determinado valor que você ganhará a mesma quantidade. Além disso, o pagamento poderá ser maior ou menor.

O cálculo é feito de acordo com o número de dependentes até 14 anos de idade ou deficientes de qualquer idade. Ou seja, se tem alguma pessoa invalida na sua família, é possível fazer a solicitação do salário-família junto ao INSS.

Dessa forma, cada dependente terá uma cota de R$ 48,62 por mês, esse valor era válido em 2020, para 2021 ainda não foi informado. Vamos dar três exemplos:

– Maria tem 2 filhos, então seu benefício é de R$ 97,24 por mês.

– Emerson e Bruna possuem 1 filho, mas os dois recebem o benefício, ganhando os mesmos R$ 97,24.

– João e Marcela possuem 2 filhos, e ambos possuem o benefício, então eles ganham R$ 194,48 por mês com o salário-família.

Requisitos para o salário-família em 2021

Para ter direito ao benefício é preciso trabalhar com carteira assinada ou ser trabalhador avulso. Além disso, existem algumas outras regras que devem ser preenchidas para ter acesso a esse benefício, veja o que é necessário:

– Ter alguém na família com menos de 14 anos, no caso de deficiência, será preciso de perícia do INSS;

– Existe um teto de ganhos que é atualizado todos os anos. Em 2020 o valor máximo era R$ 1.425,56.

O INSS considera todo o valor do salário de contribuição para fazer este cálculo. Dessa forma, as pessoas que possuem mais de uma fonte de renda precisam somar todos os seus ganhos, antes de solicitarem o benefício.

Preste bem atenção, não é renda per-capita e sim dos trabalhadores de maneira individual. Dessa forma, um pai e uma mãe podem receber dois salário-família 2021, desde que cada um deles receba abaixo do valor máximo exigido pelo INSS. Mas, em caso de divórcio, os valores são pagos somente para aquele que ficou com a guarda da criança.