Todos que tem direito a aposentadoria por invalidez deve marcar uma perícia no INSS, clique no botão e saiba mais informações
MARCAR PERÍCIA INSS 2021

Já Sabe o Valor da Aposentadoria em 2021? Confira Como Ficou

Muitos indivíduos têm reclamado publicamente quanto ao valor de aposentadoria que recebem, pois afirmam que o pagamento não se atualiza conforme a demanda atual. Infelizmente, os preços dos produtos subiram bastante nos últimos anos e a aposentadoria não acompanhou muito bem. No entanto, mudanças devem ocorrer no valor aposentadoria 2021.

O reajuste é algo fundamental para que se mantenha as pessoas com um poder de compra suficiente para não passar necessidades. Logo, se não ocorrem reajustes na aposentadoria, o aposentado perde bastante poder de compra.

O que por vezes pode prejudicá-lo, na hora de adquirir produtos básicos do dia a dia. Contudo, com o valor aposentadoria 2021, esperasse que seja devolvido ao aposentado uma boa parte do seu poder aquisitivo. Já que muitas coisas subiram seu preço devido a pandemia.

Aposentados por vezes possuem gastos bastante elevados, devido aos remédios que precisam tomar e nem sempre são fornecidos pelo governo. Então manter esses indivíduos com um poder financeiro razoável é fundamental para que sua vida seja continuada. Pois, muitos dos remédios que eles adquirirem são para doenças severas.

Mas, agora vamos tratar desse tal novo valor da aposentadoria 2021 que está previsto para esse ano. Será que ele pode melhorar a condição das pessoas que estão aposentadas e precisam de uma melhor renda para sobreviver? Veja agora!

Reajustes do valor aposentadoria 2021

Os reajustes dos valores da aposentadoria e das pensões do INSS foram oficializados pelo governo, ao aplicar o INPC aos pagamentos que causaram um reajuste no valor. A aprovação ocorreu em 13 de janeiro de 2021 e deve trazer boas novas aos aposentados.

Em suma, o índice que se acumulou durante os 12 meses do ano passado, foi de 5,45%. Contudo, esse não será o valor que será corrigido para todos os beneficiários da aposentadoria.

Por exemplo, o indivíduo que começou a receber o valor no mês de fevereiro, só receberá o valor de correção proporcional à inflação do mês em que ele começou a receber, até o final do ano de 2020.

Então quem passou a receber o valor no mês de fevereiro terá uma correção de 5,25%. Já quem passou a receber em dezembro só terá um reajuste de 1,46%. Fazendo com que os valores que você receba sejam proporcionais aos valores de produtos cobrados no mercado.

Os valores corrigidos já serão reajustados e pagos no mês de janeiro de 2021. Sendo que o pagamento começará ou começou no dia 25 do mesmo mês, dependendo do dia em que está lendo isso. No entanto, os valores que vão ser reajustados também terão um corte derivado do IR ou Imposto de Renda.

Sobre os reajustes

Desde de 2015 não ocorriam atualizações na Tabela do Fisco. Com isso e a correção da inflação ocorreu um empurrão nos beneficiários que estavam ou estão na limite de uma faixa maior de contribuição para cima. Ficando a mercê de descontos da Receita Federal.

Contudo, aqueles indivíduos aposentados e pensionistas que já possuem mais de 65 anos, que recebem até R$ 1903,99 não pagam o Imposto de Renda, independente da renda que possuem. Isso porque a Receita Federal isenta uma parcela de R$ 1903,99 de cobrança do imposto.

Novos valores da aposentadoria

Para aqueles indivíduos que já eram aposentados em janeiro de 2020 o reajuste será de 5,45%. Ou seja, o valor reajustado será o máximo para esse ano. Com isso em mente é possível fazer uma tabela e calcular os valores para esse novo ano. Ficando da seguinte forma:

Benefício em 2021Benefício com desconto do Imposto de RendaBenefício com desconto do Imposto de Renda (acima de 65 anos)
R$ 1.159,95R$ 1.159,95R$ 1.159,95
R$ 1.486,30R$ 1.486,30R$ 1.486,30
R$ 1.792,65$ 1.792,65$ 1.792,65
R$ 2.109,00R$ 2.093,63R$ 2.109,00
R$ 2.425,35R$ 2.386,25R$ 2.425,35
R$ 2.741,70R$ 2.678,87R$ 2.741,70
R$ 3.058,05R$ 2.954,14R$ 3.058,05
R$ 3.374,40R$ 3.223,04R$ 3.374,40
R$ 3.690,75R$ 3.491,94R$ 3.690,75
R$ 4.007,10R$ 3.741,63R$ 3.992,17
R$ 4.323.45R$ 3.986,80R$ 4.284,79
R$ 4.639,80R$ 4.231,98R$ 4.577,41
R$ 4.956,15R$ 4.462,57R$ 4.853,13
R$ 5.272,50R$ 4.691,92R$ 5.122,02
R$ 5.588,85R$ 4.921,28R$ 5.395,89
R$ 5.905,20R$ 5.150,63R$ 5.641,06
R$ 6.221,55R$ 5.379,98R$ 5.886,53
R$ 6.433,57R$ 5.533,50R$ 6.050,54

Para que você saiba quanto vai receber de reajuste em porcentagem, caso tenha se aposentado durante o ano de 2020. Também preparamos uma tabela que ilustra esses valores. Essas informações deram origem a seguinte tabela de reajuste:

Data de início do benefícioReajuste concedido
Até janeiro de 20205,45 %
Fevereiro de 20205,25 %
Março de 20205,07 %
Abril de 20204,88 %
Maio de 20205,12 %
Junho de 20205,39 %
Julho de 20205,07 %
Agosto de 20204,61 %
Setembro de 20204,23 %
Outubro de 20203,34 %
Novembro de 20201,42 %
Dezembro de 20201,46 %

As pessoas que possuem até 64 anos devem calcular o reajuste no salário de acordo com o INPC, válido desde o início dos pagamentos até dezembro de 2020. Além disso, não podem deixar de contar o Imposto de Renda, aqueles que ganham acima do valor limite. No entanto, se a pessoa tivesse 65 anos ou mais a tabela mudaria um pouco. 

Salário Mínimo

O nosso salário mínimo também contou com uma correção, assim obtendo um novo valor, que causou mudanças no valor aposentadoria 2021. A correção do salário mínimo foi de 5,26% antes de ocorrer a INPC, que é o Índice Nacional de Preços do Consumidor.

Aumentando assim o piso do INSS que acompanha o valor do salário mínimo. Passando de R$ 1.045,00 para R$ 1.100,00 o que torna um valor que condiz melhor com a nossa realidade. Caso o governo decida aplicar o valor de reajuste da inflação o valor vai subir mais um pouco para R$ 1.102,00.

Imposto de Renda

Quanto ao imposto de renda que foi tratado anteriormente, que pode causar desconto sobre aposentadoria de certos indivíduos. Ele funciona com descontos que são aplicados seguindo as regras de uma tabela da Receita Federal. E as pessoas com 65 anos ou mais possuem uma parcela adicional de isenção de renda de R$ 1.903,99.

No entanto, quando o valor é cobrado ele funciona da seguinte forma, como é apresentado nessa tabela: