Todos que tem direito a aposentadoria por invalidez deve marcar uma perícia no INSS, clique no botão e saiba mais informações
MARCAR PERÍCIA INSS 2021

Diferença entre previdência social e privada

Diferença entre previdência social e privada

Com o entrave que cerca a tão polêmica reforma da previdência social, um assunto tem voltado à tona nas discussões sobre a seguridade de uma renda no futuro, a previdência privada. Mas o que muita gente não sabe é a real diferença entre as duas opções.

Previdência Social

Vamos começar colocando fim a primeira frase deste artigo, já que a Previdência Social, ou o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) como é chamado, não é uma opção para a maioria dos trabalhadores.

Em muito dos casos, o seguro social é de recolhimento obrigatório, com a contribuição já efetivada por desconto na folha de pagamento, antes do funcionário da empresa receber o valor total de seu salário. O valor desta contribuição costuma varia entre 8% e 11%, de acordo com o salário recebido.

São de recolhimento obrigatório, segundo o 11 da lei 8.213/91, os trabalhadores listados abaixo:

  • Trabalhadores empregados
  • Trabalhador empregado doméstico
  • Trabalhador contribuinte individual
  • Trabalhador avulso
  • Trabalhador segurado especial

Previdência Privada

Já as pessoas que querem garantir um seguro em caso de suspenção de rendimentos, independente da opção oferecida pelo governo, podendo ser efetuada até mesmo em conjunto, está a Previdência Privada.

A previdência privada, muitas vezes, oferece uma alternativa para quem quer uma renda ainda maior no futuro, ou que por algum motivo é impossibilitado de fazer parte da Previdência Social. Tudo isso com a possibilidade de escolher a instituição financeira com as taxas e regras que mais lhe agrada.

No entanto a previdência privada e dividida em suas categorias:

PGBL (Plano Gerador de Benefícios Livres)

Plano mais indicado para pessoas utiliza o modelo completo de declaração do Imposto de Renda. Uma vez que os aportes feitos nesse tipo de plano podem ser deduzidos da renda bruta tributável na declaração de Imposto de Renda, com limite de 12%. Sendo que, esse benefício, na hora de resgatar o dinheiro do plano ou começar a receber sua renda, o imposto incidirá sobre o valor total da aplicação.

VGBL (Vida Gerador de Benefícios Livres)

Plano mais indicado para pessoas que utiliza o modelo simplificado ou é isento do Imposto de Renda. O VGBL não oferece o benefício de diminuir em até 12% a base de cálculo do Imposto de Renda. Em conta partida, na hora do resgate ou do início do recebimento da renda, o Imposto de Renda vai incidir apenas sobre os rendimentos da aplicação, e não sobre as contribuições realizadas no período.