Todos que tem direito a aposentadoria por invalidez deve marcar uma perícia no INSS, clique no botão e saiba mais informações
MARCAR PERÍCIA INSS 2021

Como funciona o auxílio doença do INSS

Veja como funciona o auxílio doença do INSS

Todos enquanto cidadãos e trabalhadores, possuem benefícios por todo o tempo de contribuição tributária. Um dos auxílios mais valorizados pelo trabalhador é o auxílio doença concedido pelo INSS.

Obviamente esse benefício não é entregue ‘de graça’ para o cidadão, ele é dado para aqueles que possuem carteira assinada e após uma apuração da doença.

O que é o auxílio doença?

Ele é um benefício concedido ao cidadão, enquanto trabalhador, pela Previdência Social, quando está incapacitado de trabalhar por motivo de doença.

Como funciona?

Ele só é entregue para as pessoas que contribuíram por pelo menos 12 meses, antes do ocorrido, e assegura o pagamento mensal do salário, enquanto a doença permanecer. Esse auxílio só é permitido para pessoas que estão afastadas do trabalho por mais de 15 dias.

Ele é dividido em duas categorias:

– Previdenciário: Quando a doença não tem relação com o trabalho exercido.

– Acidentário: Quando ocorre por conta do trabalho.

O valor do benefício varia de acordo com o salário que trabalhador recebe, cada caso é avaliado individualmente. Esse auxilio dura até o paciente se recuperar totalmente ou até o seu óbito.

Como fazer o pedido?

Assim como qualquer outro serviço oferecido pelo governo, esse auxilio é um tanto quanto burocrático e necessita de uma sequência de exigências.

Confira passo a passo como deve ser feito o pedido:

– Entre no site do INSS e procure pela agência mais próxima de sua casa, esse procedimento também pode ser feito por telefone, no número 135;

– Compareça a agência mais próxima e faça o pedido formal do auxílio doença;

  – Documento necessários:

  • Declaração emitida pela empresa, carimbada e assinada;
  • Atestado médico com o motivo do afastamento, tratamento e tempo de afastamento;
  • Carteira de trabalho;
  • CPF;
  • Documento com foto (RG).

Observações

– Caso o beneficiário não possa comparecer no dia da perícia agendada, ele pode solicitar uma única remarcação;

– Para pessoas acamadas e com dificuldade de locomoção é necessário o preenchimento do formulário de solicitação de acompanhante;

– Caso o pedido tenha sido negado pelo médico do INSS, é possível pedir uma revisão do caso.

Após a realização desse processo, o INSS vai agendar uma perícia médica, onde um médico confirmará, ou não, a enfermidade. Em caso de dúvidas, basta entrar em contato com a Previdência Social no telefone 135 ou pelo site www.inss.gov.br.