Todos que tem direito a aposentadoria por invalidez deve marcar uma perícia no INSS, clique no botão e saiba mais informações
MARCAR PERÍCIA INSS 2021

Como consultar o benefício do INSS pelo CPF?

É fundamental saber como consultar o benefício do INSS pelo CPF, já que muitas pessoas podem estar recebendo menos do que deveriam. Além disso, essa consulta ganha importância pelo fato de que pessoas que ganham acima de determinado valor precisam fazer todos os anos a declaração do Imposto de Renda.

Aqui vamos explicar todos os detalhes sobre consultar o benefício do INSS pelo CPF. Então, vamos explicar como fazer essa consulta e também citar as pessoas que possuem direito ao benefício. Aliás, você sabia que o INSS vai muito além da aposentadoria e das pensões por morte? Confira agora tudo sobre isso.

Como consultar benefício do INSS 2021?

O benefício do INSS é pago principalmente aos aposentados e pensionistas, mas existem muitas outras categorias, conforme citaremos abaixo. Se, por um acaso, você receber o benefício e ultrapassar o limite do Imposto de Renda, junto com outros rendimentos, precisará fazer a declaração.

Ou seja, é preciso ficar atento aos ganhos anuais, para não acabar violando as regras. A Receita Federal costuma estar bem atenta quanto aos pagamentos do INSS, já que eles são feitos pelos bancos e são registrados.

Em relação a consulta do benefício do INSS 2021, ela pode ser feita diretamente em uma das agências ou então pela internet.

Extrato benefício online INSS 2021

O INSS afirma que a forma mais interessante de emitir o extrato benefício INSS 2021 é pela internet. Aliás, você pode fazer isso quantas vezes quiser e até mesmo imprimir um PDF dos recebimentos. Veja o passo a passo para a emissão.

– Entre no Portal Meu INSS; https://meu.inss.gov.br/central/#/login?redirectUrl=/

– Escolha “ENTRAR” e informe os seus dados de acesso;

– Clique em “Serviços”;

– Escolha “Extrato de Pagamentos de Benefício”.

Caso ainda não tenha conta na plataforma, é só escolher “CADASTRAR SENHA”.

Quem pode entrar no INSS 2021?

Você é um trabalhador que possui carteira assinada ou que já teve? Então foi inscrito automaticamente na Previdência Social. Mas, quem trabalha por conta própria e deseja ser filiado, também pode participar, contudo, para isso será necessário fazer pagamentos mensais para ter acesso aos benefícios previdenciários.

Veja quem é segurado pela Previdência Social:

  • Empregados;
  • Empregados domésticos;
  • Trabalhadores avulsos;
  • Contribuintes individuais;
  • Trabalhadores rurais.

Até mesmo as pessoas que não possuem renda própria, como estudantes e donas de casa podem se inscrever na Previdência Social.

Uma das poucas exigências é ter pelo menos 16 anos de idade. A partir disso, o trabalhador filiado a Previdência Social é considerado um segurado.

Quem tem direito de receber o benefício do INSS?

A Previdência Social é um seguro que garante a renda do contribuinte e de sua família em casos graves, como doenças, acidentes, gravidez, prisão, morte e velhice. Dessa forma, o trabalhador pode ser contemplado de diferentes maneiras, garantindo mais tranquilidade em um período complicado.

Porém, este seguro só é pago para quem está inscrito. Ou seja, se você, por exemplo, nunca teve a carteira assinada e nem fez pagamentos mensais ao INSS, certamente não terá direito. Aliás, no momento da inscrição o trabalhador recebe o seu Número de Inscrição do Trabalhador (NIT).

Os trabalhadores que possuem carteira assinada são cadastrados automaticamente na Previdência Social, então suas contribuições são descontadas mensalmente do contracheque. Entretanto, quem é trabalhador autônomo, também pode se inscrever.

Existe ainda outra coisa que deve ser levada em consideração antes de fazer a solicitação de algum benefício do INSS. É o período de carência que precisa ser cumprido, ela começa a ser contada conforme o tipo de atividade que é exercida. No caso do salário-maternidade, são exigidos pelo menos 10 meses, já para auxílio-doença, 12 meses.

Onde recebe o benefício do INSS?

Quem é segurado do Instituto Nacional do Seguro Social não precisa ter conta corrente para receber os valores que tem direito. Mas, caso a agência bancária exija a abertura de conta, o segurado pode se recusar e exigir o seu direito de receber diretamente no caixa, com a apresentação de um documento original com foto.

O INSS diz para que os segurados tenham muito cuidado com as suas informações pessoais, principalmente quanto ao número do benefício e a senha. Então, tome muito cuidado e evite fornecer para terceiros, seja de maneira pessoal ou por telefone. Além disso, preste atenção ao fazer a assinatura de documentos e procurações.

O benefício pode ser recebido direto na conca corrente ou na poupança, assim como no cartão de benefício. Se você deseja receber diretamente pelo cartão, pode fazer esse pedido pela internet, veja o passo a passo:

  • – Acesse o Portal Meu INSS;
  • – Faça o login no sistema e escolha “Agendamentos/Requerimentos”;
  • – Escolha “novo requerimento”;
  • – Em “Atualizar”, atualize todas as informações que achar necessário;
  • – Clique em “avançar”;
  • – No campo de pesquisa, digite “pagamento” e escolha o serviço desejado;
  • – Você poderá acompanhar o andamento do seu pedido pelo Meu INSS, na mesma opção inicial.

Faça isso e mude a sua forma de receber o benefício do INSS.

Coberturas do INSS

Quem é segurado pelo INSS tem direito a vários benefícios, assim como os seus dependentes. Conforme o Regime Geral da Previdência Social, os benefícios para os segurados são os seguintes:

  • Aposentadoria por tempo de contribuição;
  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria especial;
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Aposentadoria especial a pessoas com deficiência;
  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Salário-família;
  • Salário-maternidade.

Percebeu como existem muitos além da famosa aposentadoria? O sistema oferece vantagens especiais para todos os trabalhadores brasileiros. Veja agora quais são os benefícios para quem é dependente de um segurado:

– Pensão por morte;

– Auxílio-reclusão.

Então, se você acredita que se encaixa em cada uma destas categorias, entre em contato com o órgão para fazer a sua solicitação.