Todos que tem direito a aposentadoria por invalidez deve marcar uma perícia no INSS, clique no botão e saiba mais informações
MARCAR PERÍCIA INSS 2021

Auxílio-doença INSS 2021

Muitas pessoas acreditam que o auxílio-doença INSS 2021 é o único benefício pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social. Aliás, ele e o pagamento da pensão por morte são considerados os benefícios mais conhecidos. Mas, além deles existem muitos outros, para ajudar os trabalhadores brasileiros.

Se você tem alguma dúvida em relação ao auxílio doença INSS 2021, aqui é o lugar certo para acabar com todos os questionamentos. Então, quer descobrir quem tem direito a receber esses valores ou mesmo qual é a duração do benefício? A seguir falaremos sobre isso e muito mais! Vem com a gente e confira.

Quem tem direito a receber o auxílio doença?

O auxílio doença é um dos benefícios mais conhecidos do INSS, pago as pessoas que ficam por 15 dias seguidos ou mais incapacitadas de realizarem normalmente as suas atividades laborais. Então, são colocados em prática 3 requisitos antes do pagamento:

  • Incapacidade para o trabalho normal;
  • Cumprimento do prazo de carência;
  • Estar segurado pelo INSS.

O INSS não exige que o segurado esteja incapaz de realizar todas as atividades possíveis, mas sim de executar normalmente o seu trabalho. Assim, os requisitos mínimos são considerados a partir do momento em que surge o fato gerador da incapacidade laboral.

O período de carência para solicitar o auxílio doença em 2021 é de 12 meses, ou seja, você precisa ter começado a contribuir com o INSS em 2020, no mínimo. Entretanto, existe dispensa em caso de doença laboral ou algum acidente durante o trabalho.

Duração do Auxílio 2021

O benefício tem início no 16º dia após o afastamento do trabalho por motivo de doença que o incapacite a exercer as suas atividades. Mas, caso a pessoa fique 30 dias sem trabalhar, o benefício começará a ser pago a partir da solicitação do requerimento.

O INSS exige que periodicamente a pessoa passe por uma perícia, para identificar se o beneficiário tem ou não condições físicas de retornar as suas atividades. Dessa forma, quem não participar poderá ter os valores cancelados.

Acontece que muitas pessoas fraudavam laudos médicos e faziam outros procedimentos ilegais para receber o auxílio doença, mesmo sem estarem doentes. Por isso, o as Medidas Provisórias 739 e 767 ajudaram a cancelar benefícios por incapacidade.

O caso citado no parágrafo anterior acontece e acontecia porque, conforme a Constituição Federal e as normas do INSS, não existe um período máximo em que o auxílio doença é pago ao contribuinte.

Qual o valor do auxílio doença em 2021?

Talvez você não saiba, mas o valor do auxílio doença 2021 é definido conforme as 12 últimas contribuições feitas ao INSS. Aliás, esse limite existe desde 2015, quando a norma foi adicionada e teve pouca repercussão da mídia.

Dessa forma, os principais prejudicados foram as pessoas que não possuem empregos, mas que contribuem com um salário mínimo, para não perderem tempo em relação a aposentadoria. Por isso, as pessoas que contribuíam com valores mais altos acabaram sendo prejudicadas, isso em relação aquelas que tinham carteira assinada, mas que foram demitidas no último ano.

De modo geral, não existe um valor determinado como auxílio doença em 2021. Então, se você ganha 3 salários mínimos, por exemplo, terá direito a este valor no ano vigente. Mas, é preciso ficar atento, por a cada ano que passa o INSS tem ficado mais rigoroso quando ao auxílio doença.

Como dar entrada no auxílio doença

Se você cumpre todas as exigências do Instituto Nacional do Seguro Social, poderá fazer essa solicitação. Mas, como dar entrada no auxílio doença? Essa solicitação deve ser feita junto à Previdência Social, por meio de um dos seus canais online. Mas, se preferir tem como ir até uma das agências e realizar o pedido.

A solicitação pela internet pode ser feita pelo Portal Meu INSS, veja o passo a passo:

  • – Acesse o site oficial do Meu INSS;
  • – Faça o login no sistema clicando em “ENTRAR” ou crie uma conta na plataforma;
  • – Na tela inicial, escolha “Agendar Perícia”;
  • – Na sequência, escolha “Agendar Novo” e se não for a primeira solicitação, prefira “Agendar Prorrogação”;
  • – Defina uma data e um horário para realizar a perícia em uma das unidades do INSS.

Você deve obrigatoriamente ir até essa agência, para mostrar que realmente não tem condições de trabalhar. Entretanto, é possível remarcar uma única vez, desde que isso seja feito com 3 dias de antecedência para o atendimento.

Se você não comparecer e nem remarcar, então ficará 30 dias impossibilitado de fazer uma nova marcação. Ou seja, é mais demora para o recebimento do benefício.

Quando dar entrada no auxílio doença

Os contribuintes individuais podem fazer a solicitação do benefício logo que ficarem incapacitados de trabalhar. Isso vale para trabalhador avulso, empregado doméstico e contribuinte individual.

Em relação aos segurados empregados, é necessário que sejam completados 15 dias de afastamento. Mas, neste caso não é preciso de 15 dias seguidos e sim 15 dias dentro de 60 dias totais.

Entretanto, nos dois casos é preciso daquele período de carência, que tem duração de 12 meses.

Pagamento do Auxílio-doença 2021

Atualmente boa parte dos pagamentos do INSS é feito pelo Banco do Brasil, mas desde 2020 houve uma mudança neste sistema. Aliás, foi realizado um pregão com a participação de 23 instituições financeiras, que terminou com 6 vencedores. Veja quais são:

  • – Banco Santander;
  • – Banco Mercantil do Brasil;
  • – Itaú;
  • – Agibank;
  • – BMG;
  • – Crefisa.

O Banco do Brasil administra os benefícios concedidos até 2009, isso é em relação ao pagamento das aposentadorias e pensões por morte, são 17 milhões de contas. Mas, em relação ao pagamento do auxílio doença, os valores serão pagos por algum destes bancos.

Levando isso em consideração, você não poderá fazer o saque nas agências da Caixa Econômica Federal e nem do BB, considerados os dois principais bancos do Brasil.