Todos que tem direito a aposentadoria por invalidez deve marcar uma perícia no INSS, clique no botão e saiba mais informações
MARCAR PERÍCIA INSS 2021

Aposentadoria por tempo de contribuição 2021

A aposentadoria por tempo de contribuição 2021 é uma questão que ainda deixa muitas pessoas com dúvidas. Acontece que depois de muitos anos de espera, em 2019 foi aprovada a Reforma da Previdência. Assim, muitos não gostaram das novas regras, outros são a favor, pensando que ajudará a economia brasileira.

Aqui você vai ficar sabendo de todos os detalhes que envolvem essa questão: como funciona o cálculo aposentadoria por tempo de contribuição, aposentadoria por tempo proporcional, cálculo do salário aposentadoria e muito mais! Aproveite e acabe com todas as dúvidas sobre esse assunto tão importante.

Aposentadoria por idade e tempo de contribuição

A Reforma da Previdência aprovada em 2019 determinou idades únicas para as aposentadorias conforme o Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS. Então, para as mulheres a idade mínima é de 62 anos e para os homens de 65 anos. Ainda assim, existem muitas dúvidas acerca do assunto, já que as regras são novas e muitas pessoas não conseguirão fazer parte da transição.

De modo geral, as mulheres precisam ter no mínimo 15 anos de contribuição e os homens dependem de sua filiação ao INSS. Então, caso tenham entrado antes da Reforma da Previdência, devem ter pelo menos 15 anos de contribuição e se for depois, então esse período aumenta para 20 anos.

A aposentadoria por idade e tempo de contribuição é uma das mais buscadas pelos assegurados do INSS. Ainda assim, tem alguns fatores que precisam ser levados em consideração, principalmente para definir quanto cada pessoa aposentada terá direito.

Cálculo aposentadoria por tempo de contribuição 2021

Até a Reforma da Previdência, os contribuintes do INSS recebiam de aposentadoria um valor correspondente as 80% maiores contribuições feitas ao longo da vida. Ou seja, se você tivesse iniciado ganhando pouco e passado a ganhar bem mais com o passar dos anos, estes salários iniciais não seriam considerados.

Mas, depois da Reforma da Previdência, não há mais descarte, assim 100% de todas as contribuições são considerados, o que prejudicou muita gente. Veja como funciona o cálculo:

  • Será feita uma média de todas as contribuições ao longo da carreira profissional;
  • Você receberá 60% dessa média, +2% a cada ano que exceder os 20 anos de tempo de contribuição para homens e 15 anos para mulheres;
  • Em relação aos servidores públicos, o benefício vale tanto para homens e mulheres, após 20 anos de contribuição.

Aposentadoria por tempo proporcional

Na aposentadoria proporcional, os homens devem ter no mínimo 53 anos de idade, enquanto para as mulheres é exigido pelo menos 48 anos. Mas, não é só a idade que importa em relação a isso, também é preciso ter um tempo de contribuição:

  • Para as mulheres, 25 anos;
  • Para os homens, 30 anos.

De modo geral, precisará ter contribuído 5 anos a menos do que no outro modelo. Além disso, representa 40% do tempo que faltava para atingir a totalidade da aposentadoria proporcional.

Mas, tem uma questão importante: ELA NÃO ESTÁ MAIS DISPONÍVEL, para pessoas que ingressaram no INSS após 1998. No entanto, se você é contribuinte assegurado desde antes disso, poderá ter acesso a este benefício e parar de trabalhar antes.

Cálculo do salário aposentadoria por tempo de contribuição

Não é muito difícil de fazer o cálculo do salário aposentadoria por tempo de contribuição. Basta pegar uma calculadora e seguir a conta que explicaremos a seguir.

Para exemplificar, veja a situação de Marcelo Cardoso, que começou a contribuir em 2020, depois da Reforma da Previdência. Ele trabalhou por 25 anos e quer se aposentar por idade.

Ao longo destes anos, sua média salarial foi de R$ 2.000,00. Vamos agora calcular o valor de sua aposentadoria:

60% + 10% (2% x 5 anos acima dos 20 anos) o que dá 70% de R$ 2.000,00. Nessa simulação, Marcelo Cardoso ganharia R$ 1.400 por mês de aposentadoria do INSS.

INSS aposentadoria por tempo de contribuição

A aposentadoria por tempo de contribuição é um benefício pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social às pessoas que cumpriram todas as regras citadas aqui, seja homem ou mulher. Mas, o problema é que hoje em dia não basta atingir o tempo mínimo de contribuição, é preciso ter a idade certa para se aposentar.

Até alguns anos atrás os homens precisavam ter 35 anos de contribuição, depois disso poderiam parar de trabalhar. Por exemplo, Thiago da Silva começou a trabalhar com 18 anos de idade, 35 anos depois, aos 53 anos de idade já podia solicitar a sua aposentadoria junto ao INSS.

A Reforma da Previdência ajudou a acabar com essa condição, algo visto com maus olhos pelos governantes. Acontece que diferente das décadas passadas, as pessoas estão vivendo cada vez mais, por isso foram propostas novas regras.