Todos que tem direito a aposentadoria por invalidez deve marcar uma perícia no INSS, clique no botão e saiba mais informações
MARCAR PERÍCIA INSS 2021

Aposentadoria especial do INSS sem idade mínima

Se aposentar é o sonho de muitos brasileiros que estão cansados de trabalhar em excesso para receber um salário mínimo. No entanto, como a expectativa de vida vinha aumentando, o governo decidiu mudar as regras para se aposentar. Mas, ainda existe a possibilidade de uma aposentadoria especial do INSS sem idade mínima.

De fato, obter a aposentadoria ficou bem mais complicado, já que é necessário esperar uma idade mínima bastante elevada. Então, ver as possibilidades de se aposentar sem ter que aguardar esse tempo é bastante necessário. Por isso, hoje trazemos um texto sobre como obter aposentadoria especial do INSS sem idade mínima.

A aposentadoria na maioria dos casos é o tempo em que as pessoas podem finalmente aproveitar uma vida livre sem a necessidade de diariamente trabalhar e ter responsabilidade com isso. Uma vez, que o seu dinheiro vem de um benefício pago pelo INSS.

Nesse período só é necessário se preocupar em se sustentar com o valor que recebe e curtir a vida. Contudo, como o governo federal notou um grande aumento dos aposentados decidiu aumentar os critérios para as pessoas poderem se aposentar. Logo, quem quiser se aposentar vai ter que seguir as novas regras da Reforma da Previdência.

Você também pode gostar de ler:

Quem Pode Solicitar Aposentadoria por Idade? Qual o Tempo de Contribuição?

Saiba Como Marcar Perícia INSS

Quando Deve ser Realizada a Perícia do INSS? Como Funciona?

Aposentadoria especial do INSS sem idade mínima

Em 13 de novembro de 2019 entrou em vigor as novas regras da Reforma da Previdência, essas mudanças geraram muitas dúvidas sobre a aposentadoria do INSS. Esse tipo de mudança acaba sendo sempre complicada, pois muitas interpretações são feitas e diversos rumores são espalhados.

A maior dúvida levantada é sobre a possibilidade de se aposentar sem possuir a idade mínima. Um dos primeiros fatores a serem observados é se o segurado já possuía o direito de receber a aposentadoria antes da reforma.

Nesses casos, não precisam se preocupar com a idade mínima.  E nem com as novas regras de cálculo, no caso de já ter cumprido os requisitos antes do dia 12 de novembro de 2019. Pois, impedir de se aposentar nesses casos seria remover um direito que já havia sido concedido.

Logo, as mulheres que completaram 30 anos de contribuição e homens que tenham completado os 35 anos antes do dia 12 de novembro de 2019, podem enviar as solicitações.

Nesses casos é possibilitado que o benefício seja calculado conforme as regras antigas. Devido ao fato de elas serem mais vantajosas para muitos segurados.

Essa regra é válida para a modalidade de aposentadoria especial. Nesse caso, a maior parte dos segurados só tiveram a liberação do benefício depois de pelo menos 25 anos de contribuição. É claro, isso antes da reforma realizada.

Em suma, as mudanças acabaram extinguindo a regra de aposentadoria por tempo de contribuição somente. Agora os solicitantes do benefício devem atingir o tempo de contribuição e ainda possuírem a idade mínima determinada.

Pedágio de 50% e Fator previdenciário

Essa nova regra foi criada junto com a Reforma da Previdência. Sendo ela destinada para aquelas pessoas que estavam perto de conseguir a sua aposentadoria no ano de 2019, e que seriam prejudicadas devido a nova aposentadoria.

Contudo, para a aposentadoria especial do INSS sem idade mínima ser aplicada é necessário que o homem tenha ao menos 33 anos de contribuição e a mulher 28 anos, até o dia 12 de novembro de 2019.

No entanto, também é necessário contribuir por um período de pelo menos 50% do tempo que restava para alcançar os 35 anos de contribuição para os homens e 30 anos para as mulheres.

Outro fato importante a ser observado é que o fator previdenciário vai reduzir os valores do benefício pago pelo INSS. Por isso, muitos segurados são orientados a esperar um tempo a mais, para assim poderem se encaixar em uma outra regra para se aposentar.

Em suma, os afetados por isso, acabaram tendo o valor mensal da aposentadoria diminuído. E em alguns casos esperar alguns meses a mais para se aposentar pode fazer com que receba um valor um pouco maior.

Por isso, para obter a aposentadoria especial do INSS sem idade mínima com o melhor valor possível é interessante consultar um especialista antes.

No entanto, aqueles indivíduos que possuem uma média salarial baixa perto do piso que atualmente é de R$ 1.100,00. Tem a legislação garantido que não podem receber menos do que um salário mínimo quando aposentados.

Novas regras da Previdência para aposentadoria especial sem idade mínima

A Reforma da Previdência criou uma fixação de uma idade mínima para se aposentar. Agora para se aposentar os homens deverão ter ao menos 65 anos de idade, enquanto as mulheres devem ter ao menos 62 anos.

As mulheres têm que ter ao menos 15 anos de contribuição, além da idade. Os homens deverão ter ao menos 20 anos de contribuição, estes 2 casos para o setor privado. No caso de servidores, para ambos os sexos é exigido 20 anos de contribuição.