Resultado Perícia INSS – Saiba como funciona todo o processo para consultar a perícia do INSS!

Para entender como funciona o Resultado Perícia INSS é importante entender alguns pontos e tirar algumas dúvidas. Vamos explicar como funciona todo o processo de consulta da perícia, assim como quais são os órgãos envolvidos.

Fique atento e fuja das filas para fazer a consulta da perícia do INSS online!

Previdência Social

A Previdência Social é o programa de seguro público que garante proteção para todos os brasileiros contra os chamados riscos econômicos (desemprego, idade avançada ou doença, por exemplo). A participação neste seguro social, como também é chamada a Previdência, é obrigatória e é a melhor forma de segurança para todos cidadãos empregados ou não.

Resultado Perícia INSSO atendimento aos contribuintes da Previdência Social está a cada dia mais adaptado à realidade dos brasileiros e está evoluindo com o passar do tempo. Isso acontece através de um bom sistema informatizado que presta diversos serviços aos assegurados de todas as regiões do Brasil.

Uma assistência que está recebendo destaque nos últimos tempos é a possibilidade de ver o resultado da perícia médica do INSS online. Este serviço oferece ao contribuinte uma maior comodidade e a possibilidade de não enfrentar longas filas. Para isso, foi criado o aplicativo Meu INSS.

Para não deixar qualquer tipo de dúvida, vamos definir todos detalhes deste processo e explicar todas as siglas que fazem parte deste serviço.

O que significa INSS?

INSS é a sigla para o Instituto Nacional do Seguro Social. É um órgão público responsável por pagamentos de aposentadorias e auxílios. Essa é uma autarquia do Governo Federal, ligada ao Ministério da Economia, que recebe as contribuições de trabalhadores do Brasil inteiro, ligados a empresas privadas.

O INSS foi criado em 1990 e atualmente conta com mais de 35 mil funcionários, espalhados por todas as regiões do Brasil. Todos os meses o Instituto Nacional do Seguro Social atende cerca de 4 milhões de pessoas em suas agências. Muitas delas realizando perícias com o objetivo de conquistar algum auxílio por tempo determinado, ou indeterminado.

O INSS é o responsável por garantir o pagamento de direitos trabalhistas aos funcionários que contam com carteira assinada. Além disso, os benefícios também são entregues aos empregados domésticos, trabalhadores autônomos, segurados especiais e contribuintes individuais. Esses pagamentos são feitos por meio do Serviço Social.

O que é RGPS?

RGPS é a sigla para Regime Geral de Previdência Social. Em suma, é o conjunto de regras que estabelecem os direitos e os deveres do regime público da Previdência Social no Brasil. Além disso, é um regime que agrega boa parte da população brasileira, principalmente os trabalhadores da iniciativa privada e os contribuintes individuais.

Por outro lado, o RGPS não serve para todos os profissionais, alguns possuem regimes próprios, como os envolvidos em atividades do tipo:

  • Cargo efetivo;
  • Militares;
  • Membros do Poder Judiciário;
  • Membros do Ministério Público;
  • Funcionários do Tribunal de Contas da União.

Esse modelo foi criado em 1988, para garantir que o Estado atue nas áreas de saúde, assistência social e previdência social. Embora o INSS só tenha sido lançado em 1998, o RGPS já existia naquela época.

Benefício INSS

Benefício INSSOutra dúvida recorrente é sobre quando um trabalhador está apto para receber um Benefício INSS. É considerado beneficiário todo o cidadão que perde sua capacidade de trabalho. Mas quando isso acontece?

Poderão recorrer a um dos benefícios do INSS todos os cidadãos que estão passando por um dos chamados riscos sociais. São eles: idade avançada, desemprego involuntário, morte, invalidez, maternidade, reclusão e doença.

Este último risco exige que todos os contribuintes passem por uma perícia médica.

Além disso, o INSS concede benefícios como:

  • Aposentadoria por idade Rural;
  • Pensão por Morte Rural;
  • Salário-Maternidade Rural;
  • Auxílio-Acidente;
  • Pensão por Morte Urbana;
  • Salário Maternidade;
  • Salário-Família;
  • Auxílio Doença;
  • Seguro Defeso – Pescador Artesanal;
  • Pensão especial por hanseníase;
  • Pensão especial da síndrome da Talidomida.

É importante destacar que não são todos os casos nos quais são exigidas perícias. Ainda assim, o Resultado Perícia INSS é algo aguardado por muitas pessoas e pode ser consultado pela internet.

Perícia Médica INSS

Perícia Médica INSS

A perícia médica é um dos principais serviços do INSS, necessária nos casos de Auxílio Doença, por exemplo. Por ela é que órgão sabe se o contribuinte tem direito ao benefício solicitado ou não. Para isso, é preciso fazer o agendamento e a confirmação online, garantindo a sua data e horário de atendimento em uma agência do INSS.

Além disso, a perícia médica é solicitada no caso de aposentadoria da pessoa com deficiência por idade. Neste caso, o contribuinte deve comprovar pelo menos 180 contribuições na condição de pessoa com deficiência. Neste caso, os homens devem ter pelo menos 60 anos e as mulheres 55 anos.

Por fim, a perícia médica do INSS é necessária nos casos de aposentadoria por invalidez. Esse é um benefício concedido nos casos em que o trabalhador é considerado incapaz de exercer qualquer atividade laboral e que não possa ser reabilitado em alguma outra profissão.

Você pode solicitar a perícia realizando o seguinte passo a passo:

  • Acesso o site Meu INSS;
  • Clique em “ENTRAR”, caso já possua uma conta ou então “CADASTRAR SENHA”;
  • Insira o seu CPF;
  • Informe a sua senha;
  • Clique em “Entrar”;
  • Escolha “Agendar Perícia”;
  • Opte por “PERÍCIA INICIAL”, caso seja a sua primeira solicitação ou “PERÍCIA DE PRORROGAÇÃO”, para quem já é beneficiários;
  • Depois vá em “SELECIONAR”;
  • Marque uma das opções “SIM” ou “NÃO” e clique em “CONTINUAR”;
  • Confirme suas informações (é possível anexar documento de identificação e atestado médico;
  • Clique em “AVANÇAR” e escolha um dia para a perícia.

Em seguida, basta ir até a agência do INSS onde a perícia foi agendada. Não esqueça de levar os documentos de identificação.

Auxílio Doença INSS

Auxílio Doença INSS

Em primeiro lugar, possuem direito ao Auxílio Doença os trabalhadores que possuem pelo menos 12 contribuições com o INSS. Então, esse benefício é pago aos colaboradores que ficam por ao menos 15 dias afastados do serviço. Por outro lado, pessoas que já possuem alguma lesão e então se filiaram ao INSS, não terão direito e nenhum benefício.

Para ter direito ao Auxílio Doença INSS é necessário agendas uma perícia, para que a pessoa tenha acesso ao pagamento. Afinal, nem todas as doenças garantem esse benefício. Aliás, existem cerca de 10 condições que garantem os pagamentos desse benefício aos contribuintes do Instituto do Seguro Social.

O Auxílio Doença é uma forma de garantir uma vida digna para os trabalhadores que estão impedidos de realizar as suas atividades laborais normais devido a alguma complicação. Em alguns casos a doença pode ter sido originária no local de trabalho. Além disso, lesões sérias podem evoluir para um estado de aposentadoria.

Doenças que garantem Auxílio Doença

Existe uma lista de doenças que define quais pessoas terão direito a esse benefício e quais não terão, entre elas, podemos destacar as seguintes condições:

  • Tuberculose ativa;
  • Neoplasma maligna;
  • Alienação mental;
  • Cegueira temporária;
  • Paralisia irreversível e incapacitante;
  • Cardiopatia grave;
  • Doença de Parkinson;
  • Espondiloartrose anquilosante;
  • Nefropatia grave;
  • Doença de Paget (osteíte deformante) em estágio avançado;
  • Síndrome da deficiência imunológica adquirida (Aids);
  • Contaminação por radiação (comprovada em laudo médico).

Para conseguir o Auxílio Doença o trabalhador precisará agendar uma perícia junto ao INSS, somente dessa forma o órgão poderá identificar se a pessoa realmente cumpre as exigência para receber os pagamentos.

Outro detalhe importante: não existe um prazo de duração nos pagamentos do Auxílio Doença. Ele é oferecido até que o trabalhador recupere a sua capacidade laboral, na área em que atuava anteriormente. Porém, em alguns casos é possível que seja levado ao nível de aposentadoria, mas para isso são necessários mais testes.

Resultado Perícia Médica INSS

O resultado da perícia é informado de duas maneiras: pela Carta de Concessão, mas que pode levar até 2 meses para chegar no seu endereço, após o pedido ter sido aprovado, e também pelo portal Meu INSS. Para descobrir pela internet, você pode realizar o seguinte passo a passo:

  • Entre no portal Meu INSS;
  • Clique em “ENTRAR” ou “CADASTRAR SENHA”;
  • Caso já tenha um conta, informe o seu CPF;
  • Informe a sua senha;
  • Clique em “Entrar”;
  • Escolha “Carta de Concessão”.

E pronto, fazendo isso você terá acesso a todos os detalhes que envolvem este pagamento. Mas, se o seu pedido for devido à deficiência, escolha “Resultado de Benefício por incapacidade”.

Meu INSS

Meu INSS é o portal da Previdência Social que entrega aos usuários uma série de informações de maneira veloz. Então, quem está em busca de detalhes sobre a aposentadoria ou sobre algum outro benefício, poderá fazer o agendamento de perícias pelo Meu INSS. Qualquer pessoa pode criar uma conta nessa plataforma e conferir todas as informações pela internet.

Se você nunca ouviu falar sobre este assunto e não sabe como usar a plataforma, deve ser feito o seguinte:

  • Acesse o site oficial do Meu INSS;
  • Escolha a opção “ENTRAR”;
  • Informe o seu CPF;

Forneça a sua senha. Caso não possua uma conta, será preciso criar neste momento.

E pronto, fazendo isso você terá acesso a plataforma do Instituto Nacional do Seguro Social. É importante frisar que essa é uma plataforma segura, que protege as informações apresentadas. Você não vai precisar do RG e de nenhum outro documento para fazer o login.

O Meu INSS permite acesso a uma série de serviços como:

Aposentadoria Urbana: quem pretende solicitar a aposentadoria por conta da idade pode fazer isso acessando o portal. Vale também para aqueles que vão pedir por tempo de contribuição;

Salário Maternidade: esse é um benefício pago no caso de nascimentos ou adoção de criança;

Extrato Previdenciário: é uma forma que o cidadão possui para conferir todos os dados cadastrais;

Simulação de tempo de contribuição: é a Calculadora do INSS, para que você descubra tudo sobre os benefícios que tem direito;

Agendamentos e requerimentos: pelo Meu INSS você pode fazer agendamentos de perícias e muito mais;

Carta de Concessão: nela é informado o resultado do seu pedido, após a realização da perícia.

Além destes serviços, os usuários têm acesso a muitas outras atividades por meio deste portal.

Consultar Perícia INSS Online

A melhor maneira de descobrir se o seu pedido foi aprovado é pelo portal do Meu INSS. Conforme citamos anteriormente, o órgão confecciona uma carta de concessão, que é enviada para o endereço do contribuinte, informando se o pedido foi deferido ou indeferido. Mas, é uma informação que demora a chegar.

Não confie em sites falsos, as suas informações devem ser inseridas apenas no portal verdadeiro, o Meu INSS. Os detalhes da perícia estarão em “Carta de Concessão”, já dentro do portal. É lá que o trabalhador descobrirá se o benefício foi concedido ou negado, em caso de negação, é possível tentar novamente.

Reprovação na perícia médica: posso fazer outra?

A perícia médica do INSS é realizada sempre que um contribuinte solicita algum benefício por incapacidade. Então, ela vale para casos de invalidez, auxílio doença e auxílio acidente, por exemplo. O segurado precisa passar por esse teste e ser aprovado para que tenha direito a receber o benefício.

Se o pedido for negado, é possível encaminhar um recurso para contestar essa decisão. Então, a análise do pedido cabe ao Conselho de Recursos da Previdência Social (CRPS). Além disso, a pessoa tem até 30 dias para fazer esse pedido, contado desde a sua negação.

Para fazer o pedido, é necessário seguir os seguintes passos:

  • Acesse o portal Meu INSS;
  • Faça o login na sua conta;
  • Já dentro do portal, escolha “Agendamentos/Requerimento” e clique em “Novo Requerimento”;
  • No campo de buscas, procure por “recurso” e escolha o serviço “Recurso Ordinário – Atendimento a distância” ou “Recurso especial – Atendimento a distância”;
  • Informe os dados necessário e conclua a sua solicitação.

Esse é o processo para pedir uma nova perícia, então o recorrente será comunicado nos casos que for dispensado um atendimento presencial para comprovar informações.

Agendamento INSS em outra cidade

A perícia médica pode ser feita em um município que não é aquele onde o beneficiário mora. Neste caso, o segurado deve ir até o setor de atendimento da Agência da Previdência Social em outro município, portando o comprovante de agendamento. Além disso, é preciso entregar o documento que comprove a necessidade de deslocamento para o tratamento.

A perícia em outra cidade vale para os casos em que o beneficiário passa por tratamento médico em um município diferente do seu. Assim, é preciso ir até a agência localizada no município do tratamento e apresentar os documentos que comprovam essa situação. Aliás, ela é oferecida apenas para afastamentos de no máximo 90 dias.

Quando o tempo de afastamento é superior a 90 dias, então o segurado deve pedir transferência do seu benefício, recebendo o auxílio doença em uma nova localidade.